quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Confessando meus pecados





Por que essa é uma das poucas vezes que concordei com o Senhor, Pondé?

É muito simples e não doeu nada, não foi? Pelo mesmo motivo que acabou de afirmar: Então os problemas do país NÃO estão exatamente na Esquerda, da mesma forma que não estão somente no capitalismo. O ódio pelo ódio, prova que nem sempre o ódio é algo ruim. Além disso, deve existir equilíbrio entre dicotomias que, algumas vezes na maior parte, não são estão nem certas nem erradas. 

Falar mal da Esquerda, é o mesmo que falar mal de transporte publico, saúde publica, educação publica, segurança publica... Algo que é obviamente escolhido pela sociedade a existir. O que os movimentos de esquerda querem é simples. Eles querem formar sua própria sociedade e ter autonomia sem sofrerem com a corrupção. As Estatais da atualidade não permitem isso por estarem sujeitas aos mandos e desmandos dos partidos às quais tem seus diretores escolhidos ao bel prazer. Enriquecimento ilícito não é socialismo. Não é esquerda. Enriquecer é prerrogativa do capitalismo. 

Toda a minha critica não é ao capitalismo, pois sou defensor da propriedade privada e da sociedade democrática de direito. Mas eu quero uma democracia de verdade. Aquela, sonhada nos primórdios do iluminismo. Minha critica é a forma de governo instaurada, que não permite observar a opinião do cidadão de forma clara e científica. Minha critica é sobre e a exacerbação dos interesses do capital sobre os interesses da sociedade. Isso, não é democracia. A sociedade não se formou com objetivo de escravizar os menos afortunados.

Confessando meus pecados

Ninguem é perfeito. Eu não sou perfeito. Eu fumo maconha, vejo foto de mulher pelada pela internete mesmo minha mulher brigando comigo (O que não significa que eu traio ela), eu reduzo a velocidade quando me aproximo de um pardal, sou preguiçoso, falo palavrão pra caralho, como carne porque gosto do paladar mesmo... são tantos defeitos, mas mesmo com tantos defeitos, os meus erros e os dos meus concidadãos não justificam os erros de nossos representantes. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário