quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Verdade x falsidade - Certo x Errado (Filosofia)


Verdade (certo) e falsidade (errado) são importantes para tratarmos proposições. Essa separação (exclusão) vai existir e é importante para o funcionamento da lógica. Fica de fora a terceira opção (Lei do terceiro excluído).

A melhor forma de visualizar o que sejam estes dois valores e sua importância é dentro do campo matemático. Pelo efeito chave x fechadura, um autômato pode analisar, partindo de axiomas à teoremas, proposições como verdadeiras, falsas ou em alguns casos, como indecidíveis.

A arte, que permite a critica do certo e errado, surge quando comparamos dois contextos (com regras) diferentes. Ou seja, um autômato, programado para trabalhar com um conjunto de regras X, não reconhecerá ou poderá dar valores verdades diferentes de um teorema derivado de um conjunto de regras Y.





Para quem gosta de biologia, deve saber o que é um ribossomo. Quantos tipos diferentes de ribossomos existem na natureza? Será que um ribossomo X, lendo uma fita de DNA Y produzirá sempre a mesma proteína que um outro ribossomo qualquer? Provavelmente não.

A verdade e a falsidade de uma proposição só faz sentido sendo analisada dentro de seu contexto. De resto, temos somente o efeito chave e fechadura.

A forma e o ambiente de formação do autômato é tão importante quanto o código que ele interpreta.

Sugestão de estudo sobre o infinito

Neste link podemos encontrar qualquer livro que desejarmos bastando realizar uma busca por um trecho de texto contido nele: https://libraryofbabel.info/


Esta metáfora está para a linguagem assim como a regra de três está para a matemática

Relações entre silogismo normativo e as linguagens formais e sistemas autômatos:


Relação entre exatas e humanas

Na matemática podemos classificar problemas como lineares e os não lineares. Problemas lineares são solucionados com equações. Muitas vezes de forma simples. Mas os sistemas não lineares, que geralmente envolvem muitas variáveis, podem ser solucionados de várias formas (equações), e as vezes com a mesma eficiência. Quero dizer: existem vários caminhos. Se analisarmos os problemas da área de humanas (Teoria dos Jogos, por exemplo), podemos perceber que eles se encaixam exatamente nesse tipo de classificação. Sistemas não lineares. Ou seja, se analisarmos profundamente a questão, mesmo ela sendo da área de humanas, ele pode ser tratado como um problema matemático.  Um sistema não linear (ver lógica fuzzy por exemplo).

Arquiteto da Matrix sobre problemas não lineares:
"Embora tal fardo seja assiduamente evitado, não é totalmente inesperado e portanto, não está livre de um certo controle."

Leitura pra macho (levei 6 anos). Para quem gosta de ler livros densos: Godel, Escher, Bach - Entrelaçamento de gênios:

Selagem

Felizmente, não é necessário saber tudo a respeito dos quarks para compreender muitas coisas a respeito das partículas que eles podem compor. Assim, um físico nuclear pode trabalhar com teorias de núcleos baseadas em prótons e nêutrons e ignorar as teorias dos quarks e suas rivais. O físico nuclear tem uma visão agrupada dos prótons e nêutrons - uma descrição derivada de teorias de nível mais baixo, mas que não requer a compreensão das teorias de nível mais baixo. Do mesmo modo, um físico atômico tem uma visão agrupada do núcleo atômico derivada da teoria nuclear. Por sua vez, um químico tem uma visão agrupada dos elétrons e suas orbitas e elabora teorias sobre pequenas moléculas, as quais podem ser tomadas, de modo agrupado, por um biólogo molecular, que tem uma intuição sobre como as moléculas pequenas se mantém juntas, mas cuja especialidade técnica esta no campo das moléculas extremamente grandes e suas interações. Já o biólogo celular tem uma visão agrupada das unidades que o biólogo molecular estuda e trata de usa-las para explicar as maneiras pelas quais as células interagem. E fácil ver. Em certo sentido, cada nível esta "se lado" com relação aos níveis inferiores a ele. Esse é ouro dos termos vividos de Simon, e lembra a maneira como os submarinos são construidos em compartimentos, de maneira que se uma parte for atingida e a agua começar a entrar na nave, pode-se evitar que o problema se propague fechando-se as portas e selando, assim, o compartimento afetado com relação aos compartimentos vizinhos. Embora sempre haja algum vazamento entre os níveis hierárquicos da ciência, de modo que um químico não e pode dar ao luxo de ignorar totalmente a física dos níveis mais baixos, nem um biólogo pode ignorar totalmente a química, quase não há vazamento de um nível para outro distante. E por isso que as pessoas podem compreender intuitivamente outras pessoas sem compreender necessariamente o modelo dos quarks, as estruturas dos núcleos, a natureza das orbitas dos elétrons, o vinculo químico, a estrutura das proteínas, as organelas de uma célula, os métodos de comunicação intercelular a fisiologia dos vários órgãos do corpo humano ou as complexas interações entre os órgãos. Tudo de que uma pessoa precisa é um modelo agrupado sobre a atuação do nível mais alto: e, como sabemos todos, tais modelos são muito realistas e proveitosos.

Ou seja, no fundo, tudo pode ser observado com o olhar das ciências exatas. e não está livre de certo controle.

Nenhum comentário:

Postar um comentário