terça-feira, 28 de abril de 2015

A Ilha Sentinela do Norte, nós e os ETs

Na Ilha Sentinela do Norte devem existir jovens curiosos e que sonham em conhecer outros povos.
Será que eles nos veem como demonios? Será que eles nos veem como deuses? Será que sua agressividade não se deve a tentativas anteriores de invasões?
Mas devem ser censurados pelos shamans e caciques que devem temer a mudança da ordem das coisas. Como no mito da caverna.
Nossa sociedade, com medo de interferir em sua cultura, prefere mantê-los lá, isolados, justificando que poderíamos transmitir alguma doença a eles.
Na minha opinião, isso é um grande equivoco. Isola-los é mantê-los uma experiência. Uma redoma. Na ignorância.
Manter seres inteligentes na ignorância não me parece correto. É o mesmo que não querermos que os loucos dos manicômios voltem a lucidez.
1% de nossa população anseia pela chegada de seres extraterrestres não só por curiosidade, mas pra ajudar na quebra de preconceitos.
Na minha opinião deveríamos interagir com eles. Mostrar o que existe aqui "fora".
Ahhh Luiz, mas ai você estaria tirando o direito deles descobrirem a física, a mecânica, a química, a mecânica quântica... (Risos! Muitos risos!)
Será que eles possuem algum tipo de economia e o mundo aqui "fora" teme quebra-la causando seu colapso social?
Se fossemos visitados por um super civilização, nossa cultura teria que rever pra quem pagaria royalties e outros direitos de patentes. Estamos mesmo preocupados com isso quando tratamos dos aborígenes? A Samsung e o Google parariam com a estupidez da competição de patentes na hora diante de um cenário assim. O que mais de interessante aconteceria? Pra que deus o EL iria louvar? O Maomé ou a Lesma cósmica divina?
Se nos propusermos a não tomarmos suas terras, duvido que causemos um colapso social. Que civilização idiota viria aqui, podendo cruzar distancias tão longas pra tomar nossa água ou ouro? Júpiter esta aqui do lado pra eles. Titã tá cheio de gás...
Se tratamos estes povos assim, então merecemos ser tratados assim também. Se estes são os nossos medos seriamos respeitados e deixados de longe. Trate os outros como eles se tratam?
Se pensamos em "protegê-los" de nossa cultura, então não estamos preparados para um contato extraterrestre.



Nenhum comentário:

Postar um comentário