sexta-feira, 14 de outubro de 2016

Quando o Espírito tem vontade, o corpo vale por 10

Conhece a parábola do passarinho? É a dica que dou que está no filme "Meu nome é ninguém".

Era uma vez um passarinho que não sabia voar, e numa noite muito fria ele caiu do seu ninho.

Lá no chão ele ficou piando assim: piuuu, piu, piuuuuuooooo, piu piu piuuuuuuuooooooo.

Ele piava assim porque estava sentindo muito frio e estava ficando congelado.

Mas por sorte dele uma vaca estava passando por ali e viu o passarinho tremendo de frio e ficou com muita pena dele, então a vaca levantou o rabo e - SPLASHHHH - Derramou em cima dele seu esterco fedorento e quente.

Aquela merda toda, quente e fedida, aqueceu o passarinho e o salvou de uma morte certa por congelamento.

Mas ficar naquela merda toda deixou o passarinho muito triste e ele começou a piar mais alto ainda piava assim: piurrrrruuuuuu, piu, piurrrrrrrrrr, piu, piu...

Ai uma raposa que estava ali por perto ouviu os piados do passarinho e foi atrás dele, chegando onde o passarinho estava pegou ele com bastante cuidado, impou ele todinho, e engoliu o cotado.






A moral, tá no filme.

Se entenderem a moral, tentem fazer melhor que isso:
TI Vídeo Tutoriais: Esboço de um ratado Social II

Nenhum comentário:

Postar um comentário